23.2 C
Campo Grande
domingo, 5 de dezembro, 2021
- Publicidade -

A hora da experiência? Abel abre espaço para “veteranos” no Palmeiras antes de decisões

Verdão usa lideranças para superar crise e reconquistar a confiança da torcida A principal característica do trabalho realizado pelo Palmeiras em 2020 e 2021 foi e ainda é o aproveitamento da base. Mas as duas escalações recentes de Abel Ferreira indicam uma possibilidade de opção por uma formação mais experiente na reta final da temporada.
Nas vitórias contra Internacional e Ceará, por exemplo, nenhuma das chamadas “Crias da Academia” começou a partida como titular. A média de idade da equipe nas duas partidas foi de 29,5 anos.
Além da final da Libertadores contra o Flamengo, no dia 27 de novembro, o Verdão terá sequência importante para pelo menos garantir uma vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro, o que significaria aos palmeirenses a classificação direta para a fase de grupos do torneio sul-americano do ano que vem.
Mais sobre o Palmeiras:
+ Verdão é o time da Série A com mais gols de falta no ano
+ Ingressos à venda para o jogo contra o Sport
Em entrevistas coletivas, o treinador português já deu declarações valorizando a importância das lideranças do plantel palmeirense e alertando para uma oscilação dos mais jovens.
Abel Ferreira conversa com o elenco do Palmeiras antes de treino na Academia
Cesar Greco
Após o jogo contra o Inter, por exemplo, ele voltou a elogiar a participação dos atletas mais experientes, principalmente em um momento de recuperação e turbulência vivido pelo clube recentemente.
– Não sou o melhor treinador do mundo, mas sonho em ser. Não faço milagres, não tenho varinha mágica, mas os jogadores fazem a diferença. Quando estamos todos juntos, estamos mais fortes. Vou dar o exemplo do Liverpol. Klopp está há cinco anos no time e perdeu dois zagueiros principais. Teve problema. Quando é preciso agarrar a equipe, foram os mais experientes: Weverton, Felipe Melo, Rocha Luiz Adriano, William. Quando as coisas apertam, o sub-20 tem mais dificuldade. Eles ainda não tinham jogado com público. É mais difícil. Os mais jovens têm que aprender com os mais velhos. Os velhos assumiram a responsabilidade, parabéns a eles. 
Confira a coletiva de Abel Ferreira após Palmeiras 1 x 0 Internacional, pelo Brasileirão
Depois de anos de títulos nas divisões inferiores e pouco espaço no profissional, o Verdão abriu espaço aos jovens e revelou jogadores importantes para o elenco. Patrick de Paula, por exemplo, fez o gol de pênalti decisivo na final do Paulistão de 2020, enquanto Wesley e Gabriel Menino marcaram no jogo do título da Copa do Brasil do ano passado.
Nesta temporada, Gabriel Menino, Patrick de Paula, Gabriel Veron e Renan já tiveram sequência entre os titulares, mas não estão atuando regularmente. 
O mais presente em 2021 é Wesley, que cumpriu suspensão contra o Inter no domingo passado e entrou nos minutos finais do jogo em Fortaleza, na quarta-feira. Outro que pode ter oportunidade em breve é Danilo, em transição depois de se recuperar de canelite.
Renan, Veron, Danilo, Wesley, Patrick e Gabriel Menino durante visita à sala de troféus do Palmeiras
Cesar Greco
+ Leia mais notícias sobre o Palmeiras

SEJA SÓCIO AVANTI

Fonte: Globo Esporte

Comentários do Facebook

Confira também

- Publicidade -

AS MAIS LIDAS

- Publicidade -
- Publicidade -
Comentários do Facebook