22.8 C
Campo Grande
terça-feira, 30 de novembro, 2021
- Publicidade -

Com um pênalti perdido para cada, Chile vence Venezuela na abertura do Torneio Internacional

Camisa 10 chilena, Yanara Aedo, marca um golaço de fora da área para garantir a vitórias das atuais campeãs da competição. Partida foi realizada nesta quinta, na Arena da Amazônia A Venezuela dominou o jogo, criou as melhores chances, perdeu um pênalti no primeiro tempo, mas o futebol é aquilo, né?! Na única chance que teve, num erro na saída de bola da goleira Cáceres, Yanara Aedo fez o único gol da partida. Atual campeão do Torneio Internacional de Futebol Feminino, o Chile venceu por 1 a 0, nesta quinta, na Arena da Amazônia.
O Chile volta a campo no próximo domingo, dia 28, quando enfrenta o Índia, na Arena da Amazônia. Já a Venezuela encara o Brasil, no mesmo dia e local, mas a partir das 21h (de Brasília). As partidas serão válidas pela segunda rodada da competição.
O jogo
O jogo começou truncado, mas quem teve a primeira grande chance de abrir o placar foi a Venezuela. Aos 15 minutos, Oriana Altuve partiu para jogada individual e foi derrubada por Fernanda Ramires na área. A árbitra brasileira Edina Alves Batista assinalou o pênalti. A própria camisa 11 cobrou, mas para fora. Apesar de domínio venezuelano, a primeira etapa terminou sem gols.
Chile venceu por 1 a 0
João Normando/FAF
O Chile voltou melhor do intervalo e conseguiu levar perigo ao gol de Cácere pela primeira vez aos 10 minutos do segundo tempo. Mas, aos poucos, o time venezuelano foi recuperando o controle do jogo. Até que numa uma saída de bola errada de Cácerez, a camisa 10 chilena, Yanara Aedo, arriscou de primeira e marcou um golaço para abrir o placar.
A Venezuela ainda buscou o empate, principalmente numa jogada individual de Gabriela García, e depois com Kimberlyn Campos, mas faltou caprichar na hora de tirar o 10. No fim, Karen Ayara ainda desperdiçou um pênalti, defendido por Cárceres.

Fonte: Globo Esporte

Comentários do Facebook

Confira também

- Publicidade -

AS MAIS LIDAS

- Publicidade -
- Publicidade -
Comentários do Facebook