31.5 C
Campo Grande
quarta-feira, 19 de janeiro, 2022
- Publicidade -

Playoffs da NFL 2021/2022: O que esperar de cada confronto?

Blog traz análise completa da fase de mata-mata da temporada, que começa neste sábado A temporada regular da National Football League chegou ao fim no último domingo, o que quer dizer que é hora de dar as boas-vindas aos playoffs, fase mata-mata da temporada que decidirá o vencedor do Super Bowl LVI.
Dois times não vão jogar a rodada de Wild Card, que vai acontecer nesse fim de semana. São eles Green Bay Packers, que garantiram a primeira colocação na NFC, e Tennessee Titans, que ficaram em primeiro na AFC. Por conta disso, os dois times descansam na primeira rodada, além de jogar todos os jogos dos playoffs em casa.
Tom Brady, o maior vencedor de Super Bowls da história, tenta avançar rumo a mais um título
Jared C. Tilton/Getty Images
Cincinnati Bengals vs Las Vegas Raiders (Sábado, 15/01 às 18:30h)
O duelo deve ser bastante acirrado. A linha defensiva dos Raiders tem sido uma grata surpresa para os torcedores e deve dar problemas para uma fraca linha ofensiva dos Bengals (Joe Burrow foi o QB que sofreu mais sacks nessa temporada). Eu acredito que o caminho da vitória para os Raiders esteja na pressão aplicada em Joe Burrow, de preferência sem abusar de blitz, já que a sua secundária não é muito forte e precisa parar um ataque aéreo muito dinâmico. Eles também precisam garantir bons tackles. Ja’marr Chase é extremamente perigoso com a bola nas mãos. Já os Bengals têm que focar exatamente no oposto. O primeiro passo tem que ser proteger o seu QB e isso pode ser feito de algumas maneiras, seja colocando mais gente para bloquear ou fazendo passes rápidos, forçando Joe Burrow a soltar a bola antes da pressão chegar. Se Burrow tiver tempo para ler a defesa pós-snap, a chance de vitória dos Bengals é grande.
Buffalo Bills vs New England Patriots (Sábado, 15/01 à 22:15h)
Esses dois rivais de divisão fizeram duas ótimas partidas durante a temporada regular. Cada um venceu uma. No primeiro jogo, o vento forte forçou os dois times a não passarem muito a bola e dependerem muito do jogo terrestre, o que beneficiou os Patriots. O time de New England tem que usar o forte backfield que conta com Damien Harris, Rhamondre Stevenson e Brandon Bolden, para esfriar o jogo e deixar a sua defesa descansar, além de ser o melhor jeito de atacar a defesa dos Bills. Já os Bills precisam ser pacientes. Bill Belichick sempre foca em tirar as melhores armas dos oponentes, o que, para o time de Buffalo, quer dizer anular Stefon Diggs e eliminar jogadas aéreas muito explosivas. Por isso, Josh Allen precisa ter calma e não forçar passes longos. Além de usar o seu jogo terrestre (coisa que os Bills não fazem muito), eles também vão precisar abusar de passes curtos para forçar a defesa dos Patriots a respeitar esse estilo de jogo.
Tampa Bay Buccaneers vs Philadelphia Eagles (Domingo, 16/01 às 15h)
Este é um confronto extremamente favorável para os atuais campeões do Super Bowl. Não porque os Eagles sejam ruins, mas sim porque o forte do ataque dos Eagles, o jogo terrestre, é, também, o ponto forte da defesa dos Buccaneers. Por isso, a bola deve ficar muito nas mãos de Jalen Hurts, em situações de terceiras descidas longas. O segundo anista ainda não tem experiência em Playoffs e acredito que a pressão da linha defensiva junto com a pressão da torcida deve ser o bastante para fazer com que Hurts não tenha um bom jogo. Do outro lado, temos exatamente o oposto. Tom Brady é o maior vencedor de Super Bowls da história e tem uma carreira inteira de experiência só em playoffs. Isso faz uma diferença grande, como já provado pelo próprio Brady no ano passado.
Dallas Cowboys vs San Francisco 49ers (Domingo, 16/01 às 16:30h)
Na temporada de 2019-2020, quando o San Francisco 49ers chegou ao Super Bowl, muito do sucesso do time veio por conta do jogo terrestre e da sua defesa (afinal, Jimmy Garoppolo só tentou 8 passes na final de conferência). Eu acredito que essa deva ser a fórmula do sucesso, mais uma vez, nesta rodada de Wild Card. Já os Cowboys precisam de um ataque bastante equilibrado para conseguir a vitória (inclusive, falei sobre isso aqui no blog no começo da temporada). E, defensivamente, eles vão precisar focar muito em parar as corridas de George Kittle e Deebo Samuel. Se dois destes três fatores forem anulados, acredito que Dallas ganha sem muitos problemas.
Kansas City Chiefs vs Pittsburgh Steelers (Domingo, 16/01 às 22:15h)
Num primeiro momento este parece ser o confronto mais desequilibrado do fim de semana. Os Chiefs melhoraram muito durante a temporada e, na minha opinião, são os favoritos a vencer a AFC. Já, os Steelers, entraram nos Playoffs porque Daniel Carlson, dos Raiders, acertou o Field Goal que ganhou o jogo (se Chargers e Raiders empatassem, os dois times se classificariam e os Steelers ficariam de fora). O ataque dos Chiefs é muito melhor que o dos Steelers, mas o jogo fica mais equilibrado do lado defensivo da bola. A única chance que o time de Pittsburgh tem de vencer essa partida é forçando um jogo de placar baixo. A sua linha defensiva tem que aplicar muita pressão para cima de Patrick Mahomes sem mandar blitz. TJ Watt vai precisar fazer o jogo da vida, algo que não duvido, considerando a temporada incrível que ele teve.
Los Angeles Rams vs Arizona Cardinals (Segunda-feira, 17/01 às 22:15h)
Qual Matthew Stafford vem para o jogo? Durante a temporada, o QB dos Rams tem oscilado muito, as vezes até mesmo dentro de uma só partida. Eu acho que esse jogo será ganho pelo time que cometer menos turnovers, e se Stafford estiver em um dia ruim, pode custar a vaga no Divisional Round para o seu time. Outro fator importante para esse confronto é se DeAndre Hopkins vai conseguir jogar ou não. O WR sofreu uma lesão no joelho na semana 14 e é dúvida para os Playoffs. Sem Hopkins, o ataque de Arizona vai depender muito do jogo terrestre para ser bem-sucedido. A chave do jogo está em errar menos. Acredito que a experiência de Matthew Stafford vai fazer com que ele tenha um jogo um pouco melhor que Kyler Murray e, por isso, acredito nos Rams vencedores.
A rodada de Wild Card dos Playoffs promete demais. Essa temporada da NFL foi absolutamente imprevisível, com algumas das maiores “zebras” que eu lembro de ter visto nos últimos tempos. Se a pós-temporada for metade do que foi a temporada regular, tenham certeza de que teremos muita emoção.
Para mais notícias e opiniões sobre NFL, me siga no Twitter: @LeoAndradeTV

Fonte: Globo Esporte

Comentários do Facebook

Confira também

- Publicidade -

AS MAIS LIDAS

- Publicidade -
- Publicidade -
Comentários do Facebook