26.8 C
Campo Grande
terça-feira, 4 de outubro, 2022
- Publicidade -

Batalha da Aldeia é a primeira batalha de MCs do mundo a entrar para o universo dos NFTs

Tokens resgatados durante as próximas batalhas poderão valer prêmios, experiências e até serem comercializados

Como já é costume, a Batalha da Aldeia, também conhecida como BDA – maior coletivo de batalha de rimas do Brasil – mais uma vez mostrou seu pioneirismo ao anunciar sua entrada no mundo dos NFTs (tokens não-fungíveis). A roda de rima que começou na praça dos estudantes da cidade de Barueri, se tornou a primeira batalha de MCs do mundo a entrar para o universo dos NFTs, em um modelo parecido com os grandes festivais de música do mundo.

Através de uma parceria com a NFTrend, primeira plataforma de NFTs do Brasil e especializada em desenvolvimento e gestão de projetos de NFTs, o grupo lançou uma plataforma exclusiva para a Batalha da Aldeia comercializar seus tokens durante. No primeiro lançamento, que ocorreu no evento que marcou o aniversário de 6 anos da BDA, todas as pessoas presentes puderam resgatar gratuitamente seu NFT via QR Code.

O funcionamento é simples, quem solicita o resgate da NFT, feito através de um QR Code, já ganha, automaticamente e de forma gratuita, uma carteira digital na plataforma bdanft.com.br, para poder armazenar os colecionáveis. Para esta primeira ação, estão disponíveis três NFTs.

Na prática são três selos ilustrados, todos digiais, que são chamados de tokens, e estes, é que são as NFT. A grande diferença para uma imagem digitalizada, como estamos acostumados, é que ela não é possivel ser duplicada, ou simplesmente copiada e colada de uma pasta para outra, como se fosse uma imagem em JPG, tudo graças ao sistema chamado de blockchain, que é uma cadeia de informações onde, entre outras coisas, registra quem é o portador daquela criptoarte.

Apesar disso, os tokens não serão apenas selos de coleção, a organização já tem planos grandiosos para o projeto, os fãs das batalhas vão poder comprar em formato de NTF momentos históricos dos eventos, dos MCs, rimas. Desta forma, quem adquiriu algum destes tokens será o dono exclusivo daquele item. Para os mais saudosistas, é como comprar um CD original, podem até existir mais cópias dele, mas cada uma delas é única e, por isso, rara e finita.

Também haverá, futuramente, tokens que dão direito a experiências, como visitar a Mansão BDA, os estúdios do grupo, ingressos VIPs para os eventos, além de apoiar os projetos sociais da Batalha. E claro, estes tokens também podem ser vendidos e, portanto,, sujeito à valorização de mercado.

“É uma honra trabalhar neste projeto com a BDA em um modelo que vem sendo aplicado em grandes eventos do mundo, como o Tomorrowland, por exemplo. Estamos vendo o nascimento das ‘novas comunidades’ nos ambientes digitais, que vão dominar a internet nos próximos anos. A BDA, sempre pioneira, já deu o primeiro passo”, afirma Victor Armellini, CEO NFTrend.

“Acredito que a Batalha da Aldeia se tornou referência por sempre absorver o melhor da tecnologia e, com certeza, pelo fato de sermos pioneiros nesse projeto de NFTs, abriremos muitas portas e ampliaremos novas formas de interação com nossa comunidade, trazendo benefícios e futuramente lucros com esses colecionáveis raros”, finalizou Bob 13, sócio fundador da BDA.

Para adquirir as NFTs, nesta primeira fase, é necessário estar presente nos eventos da BDA e até podem ser adquiridos no mercado secundário, desde que algum portador decida vender o seu.

Fotos em alta, AQUI.

Sobre a Batalha da Aldeia: A Batalha da Aldeia (BDA) é o maior coletivo cultural de batalhas de rimas do Brasil, com crescimento exponencial desde 2016. A simples roda de rima da praça dos estudantes da cidade de Barueri explodiu nas redes e hoje conta com mais de 3,7 milhões de inscritos no Youtube. 

Sendo a principal janela de divulgação para jovens rimadores, a BDA transformou a vida de MCs e revelou diversos destaques no cenário nacional, como Salvador, Kant, Jaya Luuck, Mikezin, Leozin, Krawk e Thiago, que migraram das batalhas para música, e hoje seguem carreiras musicais de sucesso. 

A BDA não criou o formato das batalhas de rima, porém, inovou em criar um plano de carreira para jovens com o dom de rimar.

YouTube | Facebook | Twitch | Instagram

Comentários do Facebook

Confira também

- Publicidade -

AS MAIS LIDAS

- Publicidade -
- Publicidade -
Comentários do Facebook