26.8 C
Campo Grande
terça-feira, 4 de outubro, 2022
- Publicidade -

DIA DA ÁRVORE: CAMPO GRANDE CELEBRA A DATA SENDO REFERÊNCIA MUNDIAL NA PRESERVAÇÃO DAS FLORESTAS URBANAS

Campo Grande é reconhecida mundialmente como uma “Tree City of the World” – Cidade Árvore do Mundo – pelo terceiro ano consecutivo, resultado das ações voltadas à preservação da arborização urbana. Por isso, a capital não pôde ficar de fora da celebração do Dia da Árvore, mais especificamente no dia 21 de setembro em que comemoramos também os 12 anos da criação do Viveiro Municipal Flora do Cerrado.

DIA DA ÁRVORE: CAMPO GRANDE CELEBRA A DATA SENDO REFERÊNCIA MUNDIAL NA PRESERVAÇÃO DAS FLORESTAS URBANAS

Para celebrar a data foi programada uma semana de eventos, sendo realizados plantios, distribuição de mudas e sediando eventos como o Congresso Brasileiro de Arborização Urbana (CBAU), realizado pela Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU). O congresso começou no último sábado, dia 17, com o Campeonato Brasileiro de Escalada em Árvores, que aconteceu no Parque das Nações Unidas.

E neste dia 21 de setembro foi realizado o plantio de 30 mudas de árvores nativas no entorno do Teatro Glauce Rocha, localizado nas dependências da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). O espaço foi escolhido pelo fato da universidade ser a quinta mais sustentável do Brasil, segundo o ranking internacional GreenMetric.

“A Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU) completou 30 anos de fundação no dia 16 de setembro. Ela tem esse papel, nós disseminamos a Arborização brasileira através da tecnologia, da ciência junto às cidades brasileiras. E as universidades são extremamente importantes para um evento como esse”, destaca o presidente da SBAU, Sérgio Chaves.

DIA DA ÁRVORE: CAMPO GRANDE CELEBRA A DATA SENDO REFERÊNCIA MUNDIAL NA PRESERVAÇÃO DAS FLORESTAS URBANAS

As mudas plantadas são das espécies angico-branco, angico-vermelho, pau-brasil, acácia-amarilla, fícus, goiabeira, ipê-roxo, castanheira, pau-de-formiga, além de grama-batatais, que foram doadas pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur).

As celebrações iniciaram no último sábado, dia 17 de setembro, com a distribuição de 15 mil mudas de árvores frutíferas para a população. Mudas essas produzidas todas no viveiro municipal que é referência nacional e tem capacidade para produzir cerca de 250 mil mudas por ano e assim suprir as necessidades de arborização da cidade. Conta com toda a infraestrutura necessária como: estufa, irrigação pré-definida e o acompanhamento técnico de engenheiro agrônomo, engenheiro florestal e biólogos da secretaria, em todas as etapas produtivas, desde a germinação das sementes até o período em que a espécie esteja adequada para o plantio.

DIA DA ÁRVORE: CAMPO GRANDE CELEBRA A DATA SENDO REFERÊNCIA MUNDIAL NA PRESERVAÇÃO DAS FLORESTAS URBANAS

Além disso, nesta semana Campo Grande também foi agraciada com o selo Cidade Amiga das Árvores, a primeira cidade a receber a indicação pela SBAU e International Society of Arboriculture (ISA).

O secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, pontua como Campo Grande tem se tornado referência mundial “Nossa gestão se preocupa não somente em plantar, mas sim em preservar e realizar o correto tratamento nas árvores, bem como, capacitar nossos técnicos e investir em infraestrutura. Para o ano que vem já iniciaremos as ações na Central da Árvore, um local planejado para ajudar na execução das ações de manejo da Arborização. E o que mais nos alegra é observar o carinho que o campo-grandense tem com as árvores, isso impulsiona a buscarmos cada vez mais a excelência no trabalho”.

Para a data também era programado o plantio de 21 paineiras, no canteiro central da Avenida Duque de Caxias, que por conta das condições climáticas será reagendado.

Comentários do Facebook

Confira também

- Publicidade -

AS MAIS LIDAS

- Publicidade -
- Publicidade -
Comentários do Facebook