31.8 C
Campo Grande
terça-feira, 21 de maio, 2024
- Publicidade -

Adriane Lopes assume protagonismo em evento de cidades inteligentes

Entre 500 prefeitos, a chefe do Executivo Municipal se destacou ao apresentar os avanços conquistados por Campo Grande, em sua gestão, que tornaram a cidade uma das mais inteligentes do Brasil

A Prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, foi destaque durante a 4ª edição do Smart City Expo 2023, realizado em Curitiba-PR. O maior evento sobre cidades inteligentes do Brasil recebeu cerca de 15 mil pessoas ao longo dos três dias de programação, propondo debates a respeito das mudanças climáticas, requalificação urbana, inovação e transformação digital, além do papel da tecnologia no futuro das cidades.

Dentre 500 prefeitos participantes do evento, a chefe do executivo da Capital esteve entre os quatro que subiram ao palco para fazer parte do painel “Cidades e tecnologias a favor do cidadão”. Nesse contexto, em sua fala Adriane Lopes destacou os principais avanços e conquistas do município.

“Uma das nossas prioridades é a modernização da gestão, para que as pessoas tenham melhor qualidade de vida e os serviços oferecidos pelo município estejam cada vez mais próximos das pessoas. Na pandemia, por exemplo, Campo Grande criou o primeiro cartão de vacinação digital do país, por meio do Ministério da Saúde. Esta ação facilitou a vida de todos nós, porque à época, para qualquer viagem, precisávamos ter em mãos este documento. Com isso, proporcionamos agilidade e facilitamos a vida dos cidadãos, implementando ideias por meio da tecnologia”, pontuou.

Em seu discurso, a Prefeita falou ainda sobre outras ferramentas que mudaram a vida dos campo-grandenses, como a teleconsulta que recebeu mais de 100 mil ligações e prestou atendimento a pessoas com suspeitas de Covid-19 e outras Síndromes Respiratórias Agudas Graves, durante o período mais crítico da pandemia. “Campo Grande foi pioneira na oferta desse tipo de serviço, utilizando estrutura tecnológica, ferramentas e protocolos próprios, elaborados em tempo recorde”, ressaltou Adriane Lopes.

O Centro de Controle Integrado de Mobilidade Urbana, lançado em março de 2022, referência na eficiência da mobilidade urbana, acessibilidade e melhorias no transporte coletivo também foi mencionado no pronunciamento da gestora que exaltou a fluidez e autonomia trazidas pelo sistema à Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran).

“Os semáforos inteligentes já respondem por 33% da sinalização semafórica da cidade e seguiremos integrando os demais pontos gradativamente, através deles é possível ao centro de controle o monitoramento e intervenção em tempo real nos cruzamentos da área central e principais vias da cidade, permitindo que problemas sejam solucionados com muito mais rapidez e eficiência”, enfatizou.

Cidade premiada

A capital sul-mato-grossense tornou-se celeiro de inovações, servindo de modelo para outras cidades do Estado e do país. Tamanho protagonismo tem rendido inúmeros prêmios como reconhecimento de sua importância.

Em 2020, no Ranking de Serviços das Cidades Inteligentes, Campo Grande foi eleita como a primeira do Centro-Oeste e sétima colocada entre as 100 maiores cidades brasileiras avaliadas com melhores serviços inteligentes oferecidos aos cidadãos. Para a composição do ranking são avaliados os serviços inteligentes (utilizados diretamente pelo cidadão ou para gestão municipal) oferecidos pelo município, como também o acesso aos serviços.

No ano seguinte, no mesmo prêmio, a oferta de serviços digitais pela Prefeitura Municipal garantiu o Prêmio de primeira colocada entre as capitais mais inteligentes do Brasil, ficando também com a segunda colocação no ranking geral.

Em 2022, Campo Grande recebeu o prêmio Selo Connected Smart Cities, importante ferramenta de incentivo ao desenvolvimento e reconhecimento às boas práticas em cidades inteligentes. Criado neste ano de 2022, ele é dado a municípios que são referência no desenvolvimento das cidades inteligentes e mobilidade urbana.

Também em 2022 a cidade conquistou o Prêmio Destino Turístico Inteligente em Transformação dado pelo Ministério do Turismo. O certificado classifica a Capital como uma das 10 cidades brasileiras de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI) em Transformação. Os locais foram selecionados a partir de critérios como conectividade, disponibilização de internet pública gratuita e índices de empreendedorismo e de desenvolvimento humano.

Durante o evento em Curitiba, Adriane Lopes encerrou sua participação ressaltando que, em sua gestão, “seguiremos avançando, oferecendo cada vez mais soluções e conectando nossa cidade, para enfrentarmos os desafios diários, transformando a nossa capital em uma cidade melhor, mais humana, moderna e sustentável para todos nós”.

Adriane Lopes / Prefeita
de Campo Grande

Comentários do Facebook

Confira também

- Publicidade -

AS MAIS LIDAS

- Publicidade -
- Publicidade -