26.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 1 de março, 2024
- Publicidade -

Parceria com inOffice completa um ano e expectativa é crescimento de negócios com a Rota Bioceânica

A Rota Bioceânica já é realidade. Desde a última semana um grupo de servidores está desbravando a megaestrada que vai ligar Campo Grande ao Oceano Pacífico, reduzindo custos e atraindo investidores que querem fazer negócios com o mercado asiático. Entendendo a importância deste e de outros projetos que a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio (Sidagro), vem fomentando, os empresários Luciano Kenzo e Thiago Andrighetti são parceiros do poder público com a cessão do espaço onde funciona o Escritório Internacional de Campo Grande (CGR Business).

Em pouco mais de um ano de funcionamento, o CGR Business já recebeu mais de 35 delegações de autoridades e empresários de diversos países como Chile, Japão, Canadá, Paraguai, Argentina, Bolívia e Itália, dentre muitos outros. O espaço divulga e promove a Capital como ambiente cosmopolita de negócios, turismo e cultura, consolidando Campo Grande no contexto internacional e desenvolvendo relacionamento permanente com instituições públicas e privadas estrangeiras (Embaixadas, Consulados, Câmaras de Comércio, Universidades, etc.). Tanto é assim que a partir da iniciativa da Prefeitura, em parceria com o inOffice, o Chile, país que tem em seu território o porto de Iquique, um dos destinos finais da Rota Bioceânica, está com um escritório aberto no mesmo prédio onde está localizado o CGR Business.

Conexão, inclusive, é a palavra que melhor representa o modelo de negócios dos empresários. Luciano Kenzo explica que este é o grande diferencial do inOffice. “A estrutura do espaço é um ponto muito importante, contudo conectar as pessoas, ideias e negócios, este sim é o nosso diferencial”. A inauguração do nosso espaço no Bairro Cachoeira, por exemplo, foi uma noite de intensa concretização do que fazemos. Muito network, alegria e negócios fechados, revela Luciano Kenzo.

Parceria com inOffice completa um ano e expectativa é crescimento de negócios com a Rota Bioceânica

Para Kenzo, este é o grande mote do negócio, tanto que o slogan da empresa é: “A sua conquista é o nosso ponto de partida”. Para isso, os empresários entregam soluções completas que vão desde estações “plug ’n work”, onde a pessoa loca o espaço por período ou por hora, é só chegar e se conectar; a salas privativas, salas de reuniões, auditórios para eventos e até endereço fiscal e endereço fiscal com inscrição estadual para quem precisa fazer uma movimentação de produtos, como compras, vendas ou exportação.

“Nós procuramos, realmente, oferecer uma experiência, o bem-estar dos nossos clientes, para que ele foque no principal: o trabalho e o tempo dele. O escritório fica em segundo plano. O empresário que investe em nossos serviços não vai desperdiçar o seu tempo pensando em pormenores da gestão, que é o que mais tem valia para quem procura o espaço de coworking”, complementa Thiago Andrighetti.

Parceria com inOffice completa um ano e expectativa é crescimento de negócios com a Rota Bioceânica

Eles acreditam que Campo Grande será reconhecida como um ponto central no nosso país, na nossa economia, e que a Rota Bioceânica só vem afirmar isso ainda mais. “É por isso que sediamos o Escritório Internacional, para que possamos fazer parte disso, e participar ativamente desta oportunidade que já está acontecendo. Além do crescimento da nossa empresa, o crescimento da nossa cidade. Só temos a agradecer essa oportunidade que a gestão nos proporcionou, que a Sidagro nos deu”, conclui.

O Espaço Internacional de Negócios de Campo Grande é gerido pela Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio (Sidagro) e foi inaugurado em 30 de agosto de 2022, em parceria com o inOffice. Projetado para promover aspectos políticos, sociais, econômicos, culturais, etc., o espaço busca contribuir para a atração de investimentos, valorização dos atrativos turísticos, culturais e sociais, além da geração de empregos e bem-estar social.

Para a prefeita Adriane Lopes, Campo Grande passa por um acelerado processo de internacionalização e o movimento do CGR Business neste pouco mais de um ano de funcionamento comprova o protagonismo de Campo Grande diante de várias ações da Prefeitura, que consolidam Campo Grande como epicentro da Rota. “Nós temos declarado que Campo Grande é a Capital da Rota Bioceânica, uma rota que muda a economia da região Centro-Oeste do Brasil, uma rota que traz desenvolvimento. A inauguração deste espaço só veio consolidar as perspectivas de avanço no desenvolvimento econômico que estamos buscando”, afirma.

Parceria com inOffice completa um ano e expectativa é crescimento de negócios com a Rota Bioceânica

Para o secretário Adelaido Vila o principal objetivo do Escritório Internacional, que é conectar a Capital aos mais relevantes centros de desenvolvimento político e econômico globais, já é realidade. “Durante os últimos 14 meses, a Sidagro focou em agregar valor aos produtos e serviços de Campo Grande e internacionalizar o modo de pensar do empresariado local, para que ele visualize novos negócios considerando as imensas oportunidades que o Corredor Bioceânico e as demais opções de RILAs trarão num futuro que já está acontecendo”, diz.

Para o gestor do Escritório Internacional, Paulo César Fialho, o grande diferencial é a participação do setor privado, que contribui através das mais diversas cadeias produtivas. “Atualmente, o município colhe os frutos de uma estratégia ousada de internacionalização que iniciou com a aproximação aos países da América do Sul, culminando com a instalação do CGR Business e do Escritório Comercial da Região de Tarapacá – Chile”, conclui.

Capital das Oportunidades

Campo Grande possui uma localização privilegiada, o que a torna porta de acesso para o Mercosul, estimulando a integração regional e o comércio internacional. Ademais, a Capital das oportunidades possui ampla infraestrutura urbana e social, mão de obra qualificada e diversificada atividade produtiva, sendo o polo financeiro e de negócios no Mato Grosso do Sul, Estado que produz, industrializa, exporta e prospera acima da média nacional.

Sendo a sgunda capital brasileira com menor índice de desocupação, que se prepara para o futuro papel de centro de distribuição, comércio e finanças da Rota Bioceânica, um corredor de desenvolvimento que integra quatro países e conecta o centro-oeste brasileiro aos mercados da Ásia-Pacífico. Campo Grande é uma cidade que olha para frente, que acredita na inovação e na tecnologia.

Comentários do Facebook

Confira também

- Publicidade -

AS MAIS LIDAS

- Publicidade -
- Publicidade -